Observação em La Palma: dia 4

Escrito em 20/04/2014

Eu não quero começar este post com uma nota triste, mas acredito que neste ponto é praticamente impossível. Nós tivemos uma noite bastante improdutiva ontem, e aparentemente ela continou assim, pois de manhã o céu ainda estava encoberto. Durante o café, eu perguntei a um dos astrônomos de Leiden como havia sido a noite deles, e também não foi das melhores: houve um momento em que eles abriram o domo do telescópio, mas ficaram limitados apenas a isso.

Bom, eu não vou esconder, estou escrevendo esse texto na sala de controle do telescópio Isaac Newton, enquanto esperamos paciente e esperançosamente que o tempo melhore, mas a atmosfera não dá uma trégua: quando as nuvens parecem estar indo embora, a umidade aumenta muito, e quando esta abaixa para níveis seguros, as nuvens voltam a encobrir o céu. Mas esta é a vida de um astrônomo. Pelo menos eu tenho tempo para escrever as minhas divagações aqui. Todos os outros colegas do meu grupo estão aproveitando para fazer suas tarefas ou procrastinar.

No entanto, eu consegui aproveitar uma janela entre as nuvens para tirar algumas fotos do céu noturno, mas eu estou começando a sentir uma limitação bastante severa neste tipo de fotografia: a falta de um controle remoto. Sem um desses, eu estou limitado a fazer exposições de no máximo 30 segundos, e caso eu queira expôr o bulbo, seria preciso ficar segurando o botão de disparo da câmera, o que causa borrões. Parece que eu já sei qual vai ser o meu próximo artigo fotográfico a ser comprado.

Uma janela no meio das nuvens

Uma janela no meio das nuvens

Outro “problema” a ser enfrentado para praticar astrofotografia aqui é o frio. Realmente, esta noite superou todas minhas expectativas de baixas temperaturas para uma ilha paradisíaca no meio do Atlântico: zero grau, com ventos a 60 km/h. E eu escrevi problema entre aspas porque, bem, eu gosto de frio e de montanhas, então não tenho muito a reclamar ou achar ruim. Mas eu tenho que dizer que a sensação térmica foi pior do que a que eu passei no inverno na Noruega.

Durante a tarde, após fazermos algumas tarefas no telescópio, decidimos descer a montanha a pé até La Residencia, passando por alguns pontos interessantes no caminho. É bastante conveniente que o INT é o telescópio que está mais perto da borda da caldeira, então basta andar alguns passos montanha acima para ter um instantâneo vislumbre da paisagem sem igual de La Palma.

Visão panorâmica do telescópio William Herschel e alguns de seus companheiros

Visão panorâmica do telescópio William Herschel (à direita) e alguns de seus companheiros

Na trilha, também pudemos conferir de perto uma das cavernas da ilha, onde a umidade e o calor são conservados e proporcionam um local ideal para a ploriferação de alguns animais. No post anterior eu falei que a fauna de La Palma não parece ser muito variada, mas aparentemente eu me enganei. No INT, encontrei um guia sobre a ilha, e nele são mencionadas algumas espécies que vivem aqui: além de abelhas e corvos, há uma gama de insetos, anfíbios, lagartos, uma variação de pombo que só existe nas Ilhas Canárias, e até mesmo viúvas negras na caldeira do vulcão dormente.

Bem, a previsão do tempo não parece ser das melhores para a noite de domingo, e visto que ela tem acertado em cheio as condições dos últimos dias, é provável que nesta noite também não haja observação. Por outro lado, a previsão para a noite de segunda-feira está promissora.

O Sol ilumina o topo das nuvens, algo que não se vê todos os dias

O Sol ilumina o topo das nuvens, algo que não se vê todos os dias

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s