Aniversário de 71 anos de Stephen Hawking

Stephen Hawking visita o CERN. ATLAS Experiment © 2012 CERN

Stephen Hawking visita o CERN. (ATLAS Experiment © 2012 CERN)

Mesmo que você não faça parte do mundo acadêmico, com certeza já deve ter ouvido falar de Stephen Hawking (até hoje eu não entendo por quê seu nome pronuncia-se “Stiven” ao invés de “Stifen”). Ele já fez várias aparições em canais de comunicação populares, e até já apareceu nos Simpsons! Famoso por ser “aquele gênio que anda em uma cadeira de rodas e fala por computador”, esta marcante figura da ciência não apenas fez contribuições importantíssimas para o nosso entendimento do Universo, como também o divulga com uma maestria que poucos conseguem alcançar.

Eu tenho que admitir que sou suspeito para falar sobre Hawking. Ele é um dos meus maiores ídolos, e o primeiro livro de sua autoria que eu li (Uma Breve História do Tempo) mudou para sempre a minha maneira de enxergar o Universo e a própria vida. Sim, it is that awesome. Entre suas obras, também se encontram O Universo em uma casca de noz e O Grande Projeto, dois livros igualmente fantásticos, mas este último tem uma aproximação mais histórica e exemplos mais “palpáveis”.

Se você nunca leu um livro, artigo ou ao menos assistiu algum vídeo de sua autoria, eu recomendo que o faça imediatamente. Entre eles: uma palestra no TED, documentários e mais documentários, e até uma mesa redonda com os saudosos Carl Sagan e Arthur C. Clarke. Tem uma piadinha corrente que diz que Sagan não pode estar presente fisicamente na conversa, pois a alta concentração de inteligência em um local muito pequeno poderia criar uma singularidade no tecido do espaço-tempo, destruindo toda a humanidade!

Veja também: Aniversário de 78 anos de Carl Sagan

O traço mais marcante de suas obras é notável: o bom humor. E é isto que o torna especial. Em um mundo em que os cientistas são considerados seres chatos e estranhos, Hawking consegue reverter esses preconceitos trazendo para o público uma visão bela e, por que não, inesperada de ver o Universo (aliás, bote inesperado no fim de O Grande Projeto). Uma outra característica interessante nas suas produções é a extrema facilidade que o autor tem em criar exemplos e metáforas capazes de nos fazer entender os conceitos mais complexos da Física Moderna. Se hoje a gente trata buracos negros com tanta banalidade, isso é por conta de Hawking.

Sua genialidade lhe rendeu, além de popularidade, muito reconhecimento na comunidade científica. Stephen Hawking ocupou por 30 anos a Cadeira Lucasiana de Matemática na Universidade de Cambridge, o mesmo posto ocupado por Sir Isaac Newton, além de inúmeros prêmios. Uma de suas maiores descobertas recebeu seu nome: a Radiação de Hawking, que é emitida por buracos negros. Um tratado sobre este fenômeno se encontra no livro Uma Breve História do Tempo.

Mas o Universo toma caminhos por vezes espinhosos curiosos para os gênios. Stephen Hawking contraiu, em 1963, uma doença chamada esclerose lateral amiotrófica, e os médicos lhe deram uma previsão de apenas 2 anos de vida subsequentes. Hoje, em 2013, passados 48 anos após o “prazo de validade” que lhe instigaram, ele é considerado um cientista teórico tão brilhante quanto Albert Einstein.

Hawking diz que raramente pensa sobre a sua doença, e procura viver a sua vida o mais “normal” possível. Isso é bastante factível, visto que o rapaz se casou duas vezes e teve três filhos. Um belo texto (em inglês) sobre a sua experiência pode ser lido em sua página. Eu não queria me recorrer a clichês, mas já recorrendo, ele é uma das principais inspirações que eu tenho para jamais perder a esperança (foi assim que eu passei em Equações Diferenciais II e Métodos Matemáticos da Física!).

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s