Escolhendo equipamentos para astronomia

Apesar de a astronomia não ser um hobby muito comum, de vez em quando aparecem pessoas interessadas em comprar telescópios, e me pedem dicas de qual modelo comprar, qual loja ou onde fazer manutenção. Neste post vou tentar esclarecer todas as dúvidas de quem queira entrar na astronomia amadora, mas quero deixar claro que eu estou longe de ser um especialista no assunto: vou apenas citar as minhas experiências e as coisas que eu aprendi desde que eu me envolvi com astronomia. Eu também não estou sendo pago para recomendar marcas ou lojas, eu simplesmente vou citar aqueles com os quais já tive bons resultados e que me foram recomendados por astrônomos experientes.

É muito caro!

Quem já teve curiosidade de dar uma pesquisada por aí, deve ter se assustado com os preços de telescópios. E não é para menos: dá para achar modelos de R$ 200 a R$ 20 mil. Então é preciso ter consciência de que astronomia é um hobby muito caro. Aliás, tem algum hobby que é barato no Brasil?

Bom, em primeiro lugar, você tem que ter certeza que você realmente gosta de astronomia, tem que se certificar de que não é apenas uma curiosidade momentânea; neste caso, eu recomendo que você visite algum planetário ou observatório, ou vá em uma universidade ou na casa de um amigo que tenha um telescópio. Se mesmo após uma sessão de observação você continuar bastante envolvido e se interessar ainda mais pelo assunto, aí sim eu recomendo que você busque um equipamento próprio.

Dica quente: não comece por telescópios. Por quê? Telescópios, além de serem caros, podem ser bastante difíceis de se aprender a mexer, e os resultados podem não ser o esperado. Com isso, você poderá se frustrar com a astronomia, e perderá o interesse por causa das dificuldades. Eu recomendo que você comece por binóculos. Entenda o por quê:

Binóculos

Eles possuem uma imensa vantagem sobre telescópios: não precisam ser montados, basta você pegar e olhar para o céu. Não é necessário conhecimento das coordenadas celestes, pois você vai se guiar pelas próprias estrelas (em um método conhecido por star-hopping). Outra coisa legal é que os binóculos possuem um maior campo de visão, o que pode ser útil em algumas situações.

Você pode começar usando binóculos comuns, daqueles usados em observação de pássaros (que custam entre 100 e R$ 200). Mas se você tiver com grana disponível, eu recomendo que comece logo em um binóculo astronômico. Procure modelos com lentes de boa qualidade (do tipo Porro), para evitar distorções.

Celestron SkyMaster 15×70

Os bincóulos são classificados por magnificação x tamanho das lentes. Por exemplo, um binóculo do tipo 7×35 tem um aumento de 7 vezes e suas lentes tem 35 milímetros de diâmetro. Um ótimo telescópio astronômico é o Celestron SkyMaster 15×70. Aqui no Brasil, este equipamento pode ser encontrado em lojas especializadas por volta de R$ 500, um preço bastante salgado. Se você tiver um cartão de crédito internacional, pode importar de lojas americanas que entregam no Brasil ou, se tiver um amigo ou parente no exterior, pode pedir para comprar para você. Nos EUA, o Celestron SkyMaster 15×70 custa apenas US$ 85.

Com duas lentes de 75 mm, você irá capturar tanta luz quanto um telescópio de 106 mm de abertura, o que é bastante coisa: dá para enxergar nebulosas, aglomerados e, é claro, os planetas, com bastante facilidade. Mas binóculos infelizmente não tem um aumento e resolução tão bons quanto os telescópios, e é aí que entra a maior vantagem destes.

Telescópios

Se você tem interesse em se aprofundar bastante em observações e até mesmo fazer contribuições para o desenvolvimento científico, aí é hora de começar a cogitar a possibilidade de comprar um telescópio. Mas como eu falei lá em cima, e em outros posts anteriores, usar e manter um telescópio não é um trabalho trivial, exige bastante dedicação e cuidado. Tenha em mente que os melhores resultados vêm com o trabalho duro!

Cuidado com anúncios de picaretas!

Bom, existe uma infinidade de modelos e tipos de telescópios por aí, cada um com suas vantagens e desvantagens. Basicamente, os telescópios são classificados entre refratores, refletores, Cassegrain e dobsonianos. Eu não vou escrever sobre cada tipo aqui para não extender demais o texto. Então procure saber como funciona cada um deles, e escolha o tipo que lhe for mais conveniente. É importante ressaltar que o aumento (magnificação) de um telescópio não é a medida de sua qualidade. Então não se deixe enganar por propagandas anunciando um telescópio com 600x de aumento ou algo parecido. É uma cilada!

O que mais determina a qualidade das imagens observadas em um telescópio são a abertura e a qualidade dos instrumentos ópticos. Quanto maior a abertura, mais luz um telescópio consegue capturar. Já os instrumentos ópticos (lentes e espelhos) determinam a ampliação e a resolução da imagem (esta também é afetada por outros fatores). O problema é que o preço do equipamento sobe exponencialmente quanto maior foi a a abertura e a qualidade óptica.

Outro fator a se levar em conta é facilidade de se usar o equipamento. Não adianta nada você ter um telescópio monstro, que é sonho de qualquer astrônomo, se ele fica guardado na garagem. Se a astronomia é apenas um hobby para você, eu recomendo que você procure modelos que sejam leves, fáceis de se montar e de se usar.

Celestron TravelScope (refrator, 70 mm de abertura)

Eu penso que os telescópios do tipo refletor newtoniano possuem um bom custo benefício até a casa dos R$ 1,5 mil. Se você tem mais dinheiro disponível, talvez possa considerar um do tipo Cassegrain. Tenha em mente que estes tipos exigem manutenção mais frequente. Para orçamentos mais apertados (até mais ou menos R$ 500), eu recomendo o tipo refrator de até 70 mm de abertura (Celestron Powerseeker 70EQ é uma boa pedida). Se você pretende usá-lo em viagens, o modelo TravelScope é interessante.

Dependendo do modelo do seu telescópio, talvez seja legal, depois que estiver mais experiente, investir um pouco em acessórios de melhor qualidade (oculares, filtros, motor drive, tripé etc.). Dependendo do tamanho do acessório, compensa importá-lo de uma loja americana para aproveitar os bons preços.

Quando você adquirir bastante experiência e tiver um orçamento bem mais folgado, aí sim será o momento de considerar marcas (Orion, Meade) e modelos mais sofisticados, como telescópios “GoTo” (que apontam para objetos no céu automaticamente – eles são bem mais caros) e de maiores aberturas (mais de 130 mm). Infelizmente eu não posso ser mais específico nas recomendações de telescópios avançados, porque eu não tenho experiência com um.

Skywatcher Flex 200 mm (dobsoniano): um brinquedo desse não sai por menos de alguns milhares de reais.

Eu sei que os preços são bastante salgados, principalmente quando comparados com as lojas americanas (o modelo do meu telescópio pessoal custa, atualmente, uns US$ 150, enquanto que aqui no Brasil custa por volta de R$ 800), mas eu não sei se importar é uma boa pedida. São equipamentos grandes e pesados, por isso o frete é bem alto, e as chances de o produto ser taxado na alfândega são bem altas. Então talvez a melhor pedida seja comprar aqui no Brasil mesmo.

Astrofotografia

Este é o objetivo de muita gente. Mas antes é preciso entender algo: tirar fotos do céu com um telescópio é um trabalho que exige ainda mais dedicação, experiência e dinheiro de sobra. Esse é o estágio final do aprendizado que começou lá atrás, quando você observou o céu pela primeira vez simplesmente olhando para cima. Se você pular os passos anteriores (observar, aprender a usar um telescópio, modificar e fazer manutenção de equipamentos etc.), certamente você irá se frustrar.

Os melhores astrofotógrafos são profissionais ou amadores muito experientes, com equipamentos sofisticados e um orçamento bastante “despreocupante”. Mas, é claro, não se deixe intimidar por isso. Se você realmente está determinado a se tornar um deles, nada lhe impede de acoplar uma webcam barata no seu telescópio e tirar fotos do Sistema Solar. É um ótimo começo!

Manutenção

Esta é uma parte meio complicada da vida de um astrônomo. É muito difícil encontrar lojas especializadas em manutenção de telescópios, e enviar o seu equipamento para outras cidades pode ser muito caro. Por isso eu recomendo que, se você está mesmo querendo entrar na astronomia, reserve tempo, paciência e dedicação para entender como funciona o seu equipamento e procure saber como fazer sua manutenção. Você pode buscar ajuda na internet ou mesmo em universidades e instituições de pesquisa em astronomia. Astrônomos costumam ser bastante amigáveis, e são ainda mais quando encontram um novo entusiasta.

Lojas e Fabricantes

Lembre-se que binóculos e telescópios são equipamentos sensíveis e de precisão, então não é um bom item para se comprar em lojas pouco confiáveis, como o Mercado Livre ou supermercados. Eu recomendo que você compre em lojas especializadas. Neste caso, vale a pena pagar mais caro pela qualidade e confiabilidade.

Aqui no Brasil, as lojas que eu conheço e confio são o Astroshop e o Armazém do Telescópio. No EUA, uma loja que eu sei que entrega no Brasil e tem bons preços é o Optics Planet.

Os fabricantes de equipamentos astrônomicos mais reconhecidos são Celestron, Orion, Skywatcher e Meade. Existem muitos outros por aí, e aqui no Brasil, se eu não me engano, existem alguns fabricantes que fazem telescópios artesanais que dizem ser de ótima qualidade, mas infelizmente eu não posso citar nenhum pois não tive experiência com nenhum.

Anúncios

Uma resposta para “Escolhendo equipamentos para astronomia

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s