Como usar uma webcam no seu telescópio

Imagem da Lua crescente no fim de tarde através de uma webcam

A moda atual é compartilhar! Apesar de eu não ser um seguidor muito ortodoxo de moda e tendências, eu não posso negar que compartilhar imagens em um telescópio é legal pra caramba! Chame uns amigos e vizinhos para fazer uma sessão de observação, e você terá uma noite inesquecível.

Uma maneira legal de compartilhar imagens de um telescópio é poder enviá-las por e-mail, Twitter, Tumblr, Facebook e até no YouTube. Melhor ainda é que, com imagens, você poderá tratá-las para conseguir resultados mais interessantes do que seriam visíveis apenas com os olhos. É dessa maneira que os telescópios profissionais conseguem fotos bonitas e detalhadas, e é assim que se faz astronomia atualmente: com fotos.

Para conseguir fotografar o céu, astrônomos costumam usar uma câmera especial chamada CCD. Ela possui um chip bastante sensível à luz, e por isso consegue captar os pontos luminosos mais sutis do céu. O problema é que uma câmera como essa é caríssima! Uma boa CCD pode custar mais de R$ 4 mil.

E se você é como eu, e incontáveis outros entusiastas astronômicos, e não possui grana disponível para tamanho investimento, certamente você irá querer buscar meios mais baratos de se fotografar o céu. E esses meios definitivamente existem.

Um deles é pegar uma câmera digital e tirar fotos na própria ocular do telescópio. O problema é que conseguir focalizar e centralizar algum objeto com essa câmera é um trabalho extremamente difícil. Eu só não digo que é impossível porque eu já consegui tirar umas fotos da Lua com esse método, e até que não ficou tão ruim assim…

Imagem da Lua em uma câmera digital através da ocular de um telescópio

Felizmente, inventaram um método bastante funcional e barato de se imagear o céu: utilizando uma webcam. As webcams normalmente usam um chip CCD ou CMOD, mas de baixa qualidade (não captam muitos fótons e têm baixa resolução real) e sem resfriamento (produzindo bastante ruído).

Neste post eu vou falar sobre como adaptar uma webcam no seu telescópio de fundo de quintal. No entanto, desde já eu ressalto: este aparato serve apenas para astrofotografia do Sistema Solar (planetas, Lua e Sol), e a qualidade das imagens vai depender do seu equipamento, mas nunca vai chegar aos pés dos detalhes obtidos por uma CCD profissional! Dito isto, vamos aos materiais necessários:

  • Uma webcam com lente removível: lembre-se que modelos muito baratos, como aquelas de R$ 9,99, podem até funcionar, mas definitivamente não vão produzir resultados muito satisfatórios, pois além de possuir um chip CCD de baixa qualidade, elas quebram com muita facilidade. Mas também não sei se vale a pena comprar uma webcam de R$ 500,00, pois mesmo um modelo como este não vai obter imagens perfeitas. Então tente equilibrar para obter o melhor custo benefício. Eu, particularmente, não investiria mais de R$ 50,00.
  • Um tubo de filme daquelas câmeras antigas: esses tubinhos possuem o tamanho praticamente exato de uma ocular de 1,25 polegada.
  • Ferramentas básicas (chaves, lâminas, fita isolante etc.)

Uma webcam genérica qualquer

Existem alguns vídeos no YouTube que ensinam como fazer a montagem do esquema, o problema é que eles não ensinam como botar o negócio pra funcionar. E acreditem: a parte fácil é montar e acoplar a webcam! Mas enfim, para montar o aparato, faça o seguinte:

Webcam com a lente retirada e chip CCD exposto

  1. Remova a lente da webcam para deixar o chip CCD exposto. Para fazer isso, você terá que desmontar a câmera, e isso não deve ser muito difícil, basta afrouxar uns parafusos. Em alguns modelos, pode ser um processo que exige bastante cuidado e paciência. Depois, feche a webcam de modo a deixar o chip e tudo lá dentro do mesmo jeito que estava antes. A lente pode ser acoplada na câmera de novo, caso você queira usá-la novamente como webcam.
  2. Retire o fundo do tubo de filme. Use uma faca, ou serra, ou qualquer coisa que sirva para tal. Procure fazer um corte longitudinal. Você pode usar uma lixa para deixar o corte mais suave.
  3. Cole o tubo na webcam. Eu recomendo que use fita isolante. Você deverá deixar o chip CCD bem centralizado no tubo, do contrário a luz convergente do telescópio não vai ser detectada.

E pronto, sem muitos segredos, o aparato já está montado. Mas como eu disse anteriormente, esta foi a parte fácil. O próximo passo agora é conseguir obter imagens do céu no seu computador.

Gambiarra aparato montado: é feio, mas funciona

Você obviamente vai precisar de um software para a captura de imagens. O problema é que não é qualquer programa que vai dar bons resultados. A maioria dos softwares vendidos junto com uma webcam e disponível pela internet são simplórios demais e não permitem fazer os ajustes necessários para a obtenção de boas astrofotos. No entanto, existem alguns programas especializados em capturar imagens do céu pela webcam. Um programa que eu usei e obtive os melhores resultados é o SharpCap. Ele permite fazer alguns ajustes muito úteis, e o melhor de tudo é que ele não trava nem “dá pau”. Você pode procurar outros pela internet se quiser.

O próximo passo é, finalmente, obter imagens do céu. E no começo provavelmente vai ser meio complicado. Eu recomendo que você comece os testes em um dia de lua crescente, que é quando a Lua (um objeto fácil de apontar e focalizar) aparece no céu antes do anoitecer. Aponte o telescópio para a Lua, usando a ocular padrão do telescópio ou uma buscadora, retire a ocular e acople a webcam, que já deve estar ligada no computador, e este deve estar com o software de captura aberto.

Você vai enxergar uma mancha branca (do contrário, a Lua está fora do campo de visão ou o chip CCD está descentralizado). Para começar a enxergar as crateras e outras formações na Lua, você deverá focalizar a câmera. Normalmente, o ponto de focalização ficará bem mais “para fora” do que o de uma ocular padrão. Se você não conseguir focalizar, possivelmente precisará usar um tubo mais comprido ou então uma Barlow. O problema de usar uma Barlow é que o campo de visão (que na câmera já não é muito grande) vai ficar menor ainda, então eu não recomendo muito esta opção.

Se você consegui focalizar a Lua e obter imagens, meus parabéns! Os softwares de captura normalmente gravam vídeos, e isso é uma grande vantagem em relação às CCDs profissionais, pois você não precisará ter um telescópio perfeitamente alinhado para conseguir empilhar as imagens.

Peraí, empilhar? Sim, este é o método utilizado para dar uma “tunada” nas imagens de telescópios, de modo a diminuir o ruído e obter mais detalhes dos objetos observados. O software mais utilizado para empilhamento de astrofotos é o Registax. Como eu ainda não sei como utilizar ele muito bem, vou deixar para que você se vire para aprender. Mas pode ter certeza que não é muito complicado!

Certamente você irá querer partir para o imageamento de outros objetos, como Marte, Júpiter, Saturno e, se tiver o devido filtro, o Sol (jamais aponte o telescópio para o Sol sem um filtro!). Como eu disse anteriormente, uma webcam serve apenas para imageamento de objetos no Sistema Solar. Outro detalhe importante é que a qualidade das imagens pode depender muito mais do seu telescópio do que da webcam em si: a astrofoto pode até ficar mais bonita e detalhada do que quando vista com os olhos no telescópio, mas não espere que tenha uma resolução muito mais alta.

E para finalizar, eu vou por aqui uma foto de Saturno que eu já tinha postado anteriormente aqui no blog, mas eu tenho muito orgulho dela (risos). Até mais e boa observação!

Anúncios

3 Respostas para “Como usar uma webcam no seu telescópio

  1. Pingback: Fotografar planetas com WebCams ou CCD’s dedicadas? | Unidos pela Astronomia·

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s