O Observatório do Pico dos Dias

Foto aérea do OPD, tirada durante um solstício de verão na década de 90. Crédito: LNA

Neste sábado, dia 22, acontece um evento muito raro: o Observatório do Pico dos Dias (OPD) abre suas portas para a visita do público durante a noite. É uma oportunidade para estudantes e curiosos poderem conhecer os equipamentos avançadíssimos do OPD e também, é claro, observar objetos no céu.

Infelizmente, existe uma maldição antiga que assombra aqueles que ousam desbravar a astronomia: é o chamado Mal de Astrônomo. E ele atacou novamente! Após 3 meses de seca e céus limpos, exatamente na semana em que o raro evento do OPD acontece, a chuva despenca do céu como se tivesse esperado esse tempo todo só para nos sacanear. É tiro e queda: se você é um astrônomo e marcou um evento em um dia aleatório, certamente vai chover ou vai ficar nublado.

Mas tirando esse contratempo, ir ao OPD é uma oportunidade bastante interessante, porque lá não tem apenas um bando de cientistas loucos que querem dominar o mundo universo, mas também telescópios gigantes e engenheiros e técnicos que fazem as coisas acontecerem. Então o negócio não é apenas observar, mas também entrar em contato com a tecnologia de ponta que ainda não se tornou banal.

Fotografia do céu durante o anoitecer no OPD, com destaque para o Cruzeiro do Sul no alto. Crédito: Juarez Carvalho no flickr

O OPD fica a 1864 metros de altitude, entre as cidades de Brazópolis e Piranguçu, na região sul de Minas Gerais. Nota rápida: eu me lembro que um visitante aqui na região achou engraçado os nomes das cidades Piranguinho e Marmelópolis… mas veja bem, Minas Gerais é o Estado com mais cidades no Brasil, então o repertório de nomes “normais” se esgota rapidamente.

Há 4 telescópios no OPD:

  • Um com 40 centímetros de abertura. Eu acredito que ele seja mais usado em visitas técnicas de escolas e do público.
  • 60 cm Boller & Chivens: foi doado pelo IAG/USP em 1992. Ele é do tipo Cassegrain, com razão focal f/13,5, e é utilizado em fotometria e polarimetria.
  • 60 cm Zeiss Jena: é um telescópio do tipo Cassegrain que, curiosamente, foi enviado pela Alemanha em troca de café! Mais curioso ainda é que, por ele ser bastante antigo (datado das décadas de 60/70), ele é operado manualmente! Sua razão focal é f/12,5, e é utilizado em fotometria e polarimetria.
  • 1,60 m Parkin-Elmer: é o principal telescópio do OPD, do tipo Cassegrain, e também o maior no Brasil. Entrou em operação em 1981, e é totalmente controlado por computadores. Sua razão focal é f/10, e é utilizado em fotometria, polarimetria e espectroscopia.

Telescópio Parkin-Elmer, de 1,60 m de abertura, no OPD. Crédito: LNA

O OPD teve uma grande importância para o desenvolvimento da astronomia no Brasil, tanto do lado das produções científicas quanto do lado tecnológico. O LNA é, atualmente, uma das instituições de ponta em tecnologia de fibras óticas no mundo, e até já recebeu visitantes japoneses que estavam interessados na tecnologia.

Além disso, ainda abriu as portas para os astrônomos e astrofísicos brasileiros, que conseguiram provar sua habilidade e potencial em produzir ciência e obter informações valiosas sobre o céu. Atualmente, o Brasil é o país com maior índice de produção científica nos telescópios Gemini, um consórcio entre vários países americanos e europeus.

Se você tiver uma oportunidade de visitar o OPD, seja um estudante, professor ou parte do público geral, não a desperdice. Eu garanto que é uma experiência que vale a pena. Mesmo que a previsão do tempo não seja nada favorável, bem, pelo menos você pode apreciar a paisagem montanhosa no caminho e conhecer a tecnologia envolvida na astronomia em solos brasileiros. O OPD também abre suas portas para o público, durante o dia, toda terça-feira, de março a novembro (mais informações aqui).

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s