Astrofotos da semana (01 a 07/09/2012)

NGC 5033, na constelação dos Cães de Caça. Crédito: Adam Block/Mount Lemmon SkyCenter/University of Arizona

NGC 5033 é uma galáxia espiral localizada a aproximadamente 50 milhões de anos-luz distante de nós, na constelação de Canes Venatici (Cães de Caça). Esta imagem foi capturada em um telescópio com 80 cm de abertura (imagine o tamanho da criança!), em Mount Lemmon, Arizona (EUA). Para conseguir uma qualidade e quantidade de detalhes tão boas, foi necessário uma exposição de 13 horas! Assim como a Via Láctea, NGC 5033 (que ainda não tem um nome legal) também possui um buraco negro, mas ele não fica exatamente no centro de massa, o que indica que a galáxia provavelmente se fundiu com outra recentemente (isso explica porque as partes mais externas dos braços da galáxia estão meio “disformes”).

Messier 4, o aglomerado globular mais próximo do Sistema Solar. Crédito: ESO

Esta imagem deu o que falar nesta semana, pelo menos nos noticiários científicos. Messier 4 é um aglomerado globular na constelação do Escorpião, facilmente visto em binóculos e telescópios (em locais com pouca poluição luminosa), localizado a 7200 anos-luz de distância. O que aconteceu foi que astrônomos do ESO (European Southern Observatory) descobriram uma estrela nesse aglomerado que possivelmente guarda segredos da “juventude eterna”: ela contém uma alta abundância de lítio, o que é inesperado para uma estrela velha. É claro que o termo se refere à juventude de estrelas. Somente tolos pensariam que acumular lítio seria o segredo da juventude humana… não?

Nebulosa da Águia, na constelação da Serpente. Crédito: SLOOH

Eu já postei uma imagem desta nebulosa antes, inclusive era do próprio SLOOH. Mas esta tem uma qualidade melhor, e a exposição parece ser bem mais extensa para conseguir capturar a cor da nebulosa. Se você observar com seus olhos em um telescópio ou binóculos, os objetos de céu profundo sempre vão aparecer em preto e branco (com exceção de algumas nebulosas muito brilhantes). Você pode ler mais sobre isto neste post.

Cratera Licinia, no asteroide Vesta (clique para ver imagem em maior campo de visão). Crédito: NASA/JPL-Caltech/ UCLA/MPS/DLR/IDA

A missão Dawn, lançada pela NASA em 2007, tem o objetivo de estudar o asteroide Vesta e o planeta-anão Ceres, localizados no Cinturão de Asteroides entre Marte e Júpiter. Em 2009, a sonda aproveitou a gravidade do planeta Marte para ganhar um impulso extra e chegar no primeiro destino, Vesta, em 2011. Esta imagem é uma fotografia da cratera Licinia, obtida em abril deste ano. No último dia 5, Dawn deixou Vesta para trás para se dirigir ao próximo destino, Ceres, no qual estima-se a chegada em fevereiro de 2015.

Imagem em cores invertidas do Sol. Crédito: Alan Friedman

Esta bela fotografia do sol foi obtida no dia 29 de julho deste ano, mas esta versão em cores invertidas (escuro fica claro e vice-versa) foi divulgada recentemente. Nesta forma, é mais intuitivo notar a diferença de brilho entre o centro e as bordas do Sol (lembre-se que, devido à inversão, as bordas são menos brilhantes que o centro), que ocorre devido à absorção de luz por parte do gás que envolve a estrela. Se você olhar para o Sol através de um telescópio com filtro (nunca faça isso sem um filtro!), provavelmente você não verá tantos detalhes. Para enxergá-los, é necessário o uso de filtros de comprimento de onda nas lentes; no caso desta foto, foi usado um filtro de hidrogênio alfa (656,3 nm).

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s