Astrofotos da semana (22 a 28/07/2012)

Imagem de alta resolução da coroa solar. Crédito: NASA

NASA lançou no dia 11 a missão HI-C (High Resolution Coronal Imager), com o objetivo de obter as imagens com a mais alta resolução possível da coroa solar. O voo da missão HI-C durou apenas 10 minutos, dos quais 330 segundos foram usados para a obtenção das imagens. Apesar disso, os resultados são de grande importância e serão utilizados em pesquisas de novas tecnologias por muitos anos.

‘The Lookout’ – Bass Harbor Lighthouse – Acadia National Park, Maine. Crédito: Jack Fusco

Fotografia da Via Láctea tirada por Jack Fusco, nos Estados Unidos. Na descrição da foto, o autor diz que “aconchegar-se embaixo das estrelas e ouvir as ondas quebrarem nas pedras foi uma experiência que palavras não fazem justiça à mesma”.

Nebulosa da Tulipa, na constelação do Cisne (Cygnus). Crédito: Michael Joner, David Laney, Robert Gendler

Esta imagem apareceu no Astronomy Picture of the Day (APOD), e achei legal pôr aqui. As cores dos gases se devem a diferentes componentes (hidrogênio, oxigênio e enxofre) formadores de estrelas.

Messier 33

Galáxia do Triângulo. Crédito: henry-67 no flickr

 Imagem do objeto M33, a Galáxia do Triângulo, em uma exposição de 12×300 segundos, obtida na cidade de Claut (nordeste da Itália). Existem indícios de que esta galáxia esteja a 3 milhões de anos-luz do sistema solar, e a 750 mil anos-luz da Galáxia de Andrômeda.

Pre-Dawn Sky - July 28

Horizonte leste ao amanhecer. Crédito: Joseph Brimacombe no flickr

Fotografia do amanhecer no Coral Towers Observatory, na Austrália. Alguns objetos presentes nessa imagem são: Vênus (mais brilhante), Júpiter (segundo mais brilhante), aglomerado de Plêiades (canto superior esquerdo), Aldebaran (ao lado direito de Júpiter), aglomerado de Híades (logo acima de Aldebaran), constelação de Órion (um pouco deslocado à direita do centro), Sirius (à direita).

Crateras na Lua. Crédito: Alfa do Centauro

… E esta última foto foi tirada por quem vos escreve aqui! Acredito que a primeira fotografia de qualquer astrônomo amador é Lua, afinal, é o objeto mais fácil de achar no céu, não exige muita precisão, e qualquer craterinha já é interessante o suficiente para ser fotografada. Essas imagens foram obtidas com uma webcam acoplada no meu telescópio de 127 mm de abertura. Nesta mesma noite também tentei fotografar Saturno, mas aparentemente a câmera não conseguiu captar a imagem, ou eu que não consegui acertar a posição certa do astro, ou o meu software de captura que não presta… enfim, ainda tenho que melhorar bastante a técnica (e o equipamento também!). Será que algum dia eu consigo chegar no nível daquela astrofoto anterior da Galáxia do Triângulo?

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s