Previsão celeste semanal (15 a 22/07/2012)

Lembre-se: esta previsão celeste está sendo feita para um local na latitude 22° S (ou -22°). Quanto mais afastado você estiver desta latitude, mais deslocado para o sul ou norte será o posicionamento dos objetos no céu. Tenha uma boa observação!

Ao anoitecer (18h30~19h00) é possível observar as constelações de Escorpião e Sagitário no horizonte leste, bem fáceis de se identificar; no entanto, em locais com alta poluição luminosa (cidades bem grandes) talvez não seja possível identificar Sagitário, que tem estrelas um pouco menos brilhantes que Escorpião. No horizonte oeste é possível observar a constelação de Leão se pondo. A constelação do Boieiro domina o horizonte norte, com sua estrela extremamente brilhante chamada Arcturus. No horizonte sul, as constelações do Cruzeiro do Sul e Centauro saltam aos olhos (clique em uma imagem para ampliar em uma nova janela).

Horizonte leste no dia 15/07, às 18h30

Horizonte oeste no dia 15/07, às 18h30

Saturno estará visível no horizonte oeste até as 23h, na constelação de Virgem, próximo à estrela Spica (alfa de Virgem). Marte, o planeta vermelho (que para nós parece ser uma estrela vermelha que não pisca) também se encontra nesta região do céu.

Marte e Saturno no anoitecer de 15/07

O amanhecer (05h30~06h00) tem como destaque o horizonte leste, onde pode-se observar o nascer das constelações de Touro, Órion e Cão Maior, com a estrela mais brilhante do céu: Sirius. É possível observar a olho nu o aglomerado de Plêiades em Touro. Enquanto isso, as constelações de Sagitário, Capricórnio e Águia se põem no horizonte oeste. No horizonte norte, é possível contemplar a magnífica constelação de Pégaso, e a sudoeste, nasce a segunda estrela mais brilhante do céu: Canopus, na constelação de Carina.

Horizonte leste no dia 16/07, às 05h30

Vênus (mais brilhante) e Júpiter (menos brilhante) estão bem próximos, e nascem junto com a constelação de Touro, alinhando-se visualmente ao aglomerado de Plêiades. No amanhecer da segunda-feira, a Lua estará visualmente bem próxima (em conjunção) desses planetas, em sua bela forma minguante, com apenas 7% do disco lunar visível. O planeta Mercúrio está visualmente muito próximo do Sol, e provavelmente não será visível, mesmo em locais com horizonte oeste limpo.

Durante esta semana, você poderá tentar a sorte em observar a chuva de meteoros Capricornids (com poucos 4 meteoros por hora, em média), na constelação do Capricórnio. A melhor hora para observação é entre a meia-noite e 3 horas.

Fontes de informação: Software Bisque TheSkyX, Climatempo

Mapas celestes gerados por: Stellarium

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s