Pesquisas do CERN detectam suposto Bóson de Higgs

Imagem de um evento candidato típico a conter o Bóson de Higgs, por CMS-CERN

Foi anunciado hoje (4 de julho, não coincidentemente a data da independência dos EUA) que uma das equipes do CERN (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares) trabalhando no CMS (Solenóide Compacto de Múons) conseguiu detectar sinais de alta confiabilidade que comprovam a existência do Bóson de Higgs. A imprensa científica já considera esse dia um dos grandes marcos na história da Física Moderna.

O Bóson de Higgs (que também é conhecido pelo sugestivo nome “Partícula de Deus”) é uma partícula cuja existência foi proposta no Modelo Padrão (uma tentativa de explicar o universo como conhecemos), o qual afirma que se esta partícula não existisse, a matéria não poderia adquirir massa e logo não poderia existir.

É importante ressaltar que os resultados obtidos pela equipe de pesquisadores ainda são preliminares. A partir de agora, mais pesquisas serão feitas para analisar se a partícula realmente se comporta como o Bóson de Higgs.

Em breve escrevei um (ou mais) artigo(s) que explica(m) melhor o Modelo Padrão e suas implicações na Física Moderna. Fique ligado!

Via INFO Ciência, CMS-CERN

Anúncios

Fique à vontade para comentar, aqui não há certo ou errado, nem censura de ideias. Mas, por favor, seja claro e, acima de tudo, use pontuação. Comentários ininteligíveis ou ofensivos não serão publicados.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s